Sábado, 10 de Julho de 2010

Portugal Socialista - Edição comemorativa do centenário de Tito de Morais Conheci o Manuel Tito de Morais em 1947, pouco depois do meu regresso do Tarrafal. Pertencia a uma tertúlia que se reunia na casa de ferias que o Manuel Rodrigues Oliveira (o fundador da “Biblioteca Cosmos”) possuía na Costa da Caparica. Conhecera o Rodrigues de Oliveira no Aljube durante a minha primeira detenção. Tornámo-nos amigos. Reencontrámo-nos naquela estância balnear. Além de nos reunirmos na sua casa, juntávamo-nos no “Café Papo-seco”, há muito tempo desaparecido.

Dessa tertúlia faziam parte várias pessoas que viriam a ser figuras públicas no período que se seguiu ao 25 de Abril, nomeadamente o próprio Tito de Morais e o Francisco Salgado Zenha. O Salgado Zenha e o Luís Saias também possuíam casa naquela vila. Por isso, ocasionalmente, juntavam-se ao grupo. Mas não eram dos frequentadores mais assíduos.

Eram todos homens e mulheres de esquerda – alguns já tinham passado pelas prisões – que se reuniam para analisar e discutir a situação política nacional e internacional. Tinham vários percursos políticos, mas todos se reclamavam do marxismo. A maioria tinha passado pelo PCP. Mas estavam inactivos. Alguns seriam eventualmente militantes daquele partido. Era o caso da Maria Emília que viria a casar com o Tito de Morais.

Líamos L’Humanité e discutíamos os romances dos escritores revolucionários franceses, designadamente Roger Martin du Gard, Romain Roland, André Gide, André Malraux, etc. Dávamos longos passeios pela praia.

O Manuel Tito de Morais foi um homem inteligente e de fortes convicções. Os feitios afáveis e fraternos tanto dele, como do Manuel Rodrigues de Oliveira, contribuíam para dar àquele círculo de amigos um ambiente de grande amizade.

Queria aqui destacar o importante papel que desempenhou nessa tertúlia uma mulher notável, Ana Isabel de Oliveira (a Bé entre os amigos). Ela é, junto com Luís Saias e a Maria Emília, viúva do Tito de Morais (além de mim próprio) das poucas pessoas desse notável grupo que ainda estão vivas.

A Ana Isabel, especialista em artes plásticas, foi uma grande amiga do Tito de Morais. É uma referência cultural da sociedade portuguesa. Continua viva e activa, apesar dos seus oitenta e cinco anos.

O meu testemunho é, para além de uma homenagem à notável figura do meu querido amigo Manuel Tito de Morais, um pequeno contributo para a história das várias formas da resistência à ditadura.

Edmundo Pedro



publicado por CCTM às 12:00
link do post | comentar |

Tito de Morais - 1974
CCTM
Comissão Executiva das Comemorações do Centenário de Tito de Morais

. . . . - HomePage -
pesquisar neste blog
 
contactos
Largo do Rato nº 2
1269-143 Lisboa
cctm@sapo.pt
cctm@ps.pt
autores
em destaque
. biografias (notas)
. - entrevista (M.José Gama)
. cctm - comissão executiva
. cctm - comissão de honra
. comunicação social/informação
. Portugal Socialista 2010
. depoimentos actuais
. depoimentos anteriores
. estórias
. exílio
. - Argélia
. - França
. - Itália
. família
. mensagens
posts recentes

Manuel Alfredo Tito de Mo...

Selagem do Blog

Audiência com o President...

Apresentação do relatório...

Relatório final das CCTM

Portugal Socialista - 201...

Portugal Socialista - Edi...

Legado, inspiração e estí...

Sempre em defesa dos valo...

Exemplo de empenho cívico

arquivos

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

últimos comentários
SUA SOLUÇÃO FINANCEIRA EM 72 HORAS.Incrível, mas v...
Boa noite,Ainda tenho uma carta do Francisco R.Cos...
Boa noite, sugiro que entre em contacto com a asso...
Boa noite, estou a realizar um trabalho no âmbito ...
Só lhe peço que refira que a imagem faz parte do e...
Boa noite caro amigo,Gostaria de lhe perguntar se ...
Estou a ver na TV informacao sobre a greve. Esta g...
Tenho seguido atentamente todos os passos destas c...
Li as vossas palavras e fiquei muito contente de s...
Excelente! É uma amizade exemplar que nem a distân...
mais comentados
7 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
tags

todas as tags

links
subscrever feeds
blogs SAPO